Ocorreu um erro neste gadget
jonasbanhosap@gmail.com (96) 8129 1837 - Macapá/AP (91) 8312 8015 - Belém/PA (61) 3208 5555 - Brasília/DF

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Barca das Letras no Rio Mendaruçú de Cima = Cametá/Pará

FILE0190FILE0061FILE0058FILE0159FILE0137FILE0105
FILE0030FILE0050FILE0101FILE0189FILE0079FILE0078
FILE0169FILE0196FILE0187FILE0042643997_147206575422210_1024038376_nFILE0018
FILE0120FILE0060FILE0150FILE0175FILE0052FILE0009

↓ ↑
↓ ↑
↓ ↑
Atracamos a Barca das Letras no porto da Comunidade Rio Mendaruçú de Cima, localizado na região ribeirinha do município de Cametá, no Pará, no período de 14 a 16 de setembro de 2012. A intervenção da Barca das Letras aconteceu durante a bonita e mais que centenária Festividade da Santíssima Trindade na comunidade, cuja organização é exemplar pela união dos moradores que por lá vivem ou que vêm de vários lugares para se re-unir re-encontrar seus parentes e amigos, em um ambiente limpo de bebida alcóolica e rico em muita espiritualidade e fé.

Compareceram muitas crianças, jovens e adultos para participar da brincadeira de incentivo lúdico à leitura, levando para casa, ao final, livros, revistas, gibis, brinquedos, poesias e muito afeto. Além de pintarem o sete, mostrando suas artes e culturas vivas e suas visões do mundo amazônico no qual estão inseridos, enraizados, enfim, mergulhados. E à noite, divertiram-se assistindo cineminha animado com pipoca. Uma festa literária viva e encantadora no Rio Mendaruçú de Cima, pela primeira vez.

Também doamos livros suficientes para a montagem da primeira biblioteca comunitária da região do Rio Mendaruçu e entorno, a qual será montada numa sala cedida pela direção da Escola da Comunidade do Rio Mendaruçú de Cima e que servirá como fonte de pesquisa para alunos de várias comunidades próximas.

Esta ação foi possível graças ao convite do amigo-poeta Francisco Mendes, que é nascido na comunidade, mas que hoje vive em Belém, mas que nunca esqueceu de suas raízes e busca sempre trazer melhorias para os que por lá ainda vivem, sobretudo as crianças. Sou grato também pelo cuidado que me ofertaram o sr. José Mendes e Dona Teresinha, pais de Francisco Mendes. Também quero registrar meus agradecimentos ao importante apoio recebido das lideranças da comunidade e da Festividade(S. Itamar e S. Cornélio), de empresários de Cametá, do João do Rio Furtados, dos moradores locais, das amadas crianças que foram fundamentais para o sucesso e a alegria da ação.

Esta foi mais uma intervenção que contou com o apoio cultural da segunda parcela do Prêmio Tuxaua Cultura Viva 2010, concedido pelo Ministério da Cultura ao arte-educador Jonas Banhos pelo Projeto Mochileiro Tuxaua Cultura Viva - Do Oiapoque ao Chuí, em fase final de aplicação, que pode ser acompanhado pelo mochileirotuxaua.blogspot.com.br.

Jonas Banhos
barcadasletras.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pela sua valiosa contribuição. Volte sempre!!!
Jonas Banhos
jonasbanhosap@gmail.com
twitter: @JonasBanhos
msn : jbanhos@hotmail.com
orkut: Jonas Banhos